Vereadores de Desterro são cassados por tentar adulterar escolha da Mesa Diretora da Câmara

Written by on 1 de dezembro de 2017

Dois vereadores da cidade de Desterro, no Sertão do Estado, tiveram seus mandatos cassados por falsificação de documentos públicos e quebra do decoro parlamentar. A sessão que culminou na cassação dos vereadores Tiago Simões dos Santos (PR) e Napoleão de Almeida (PR) aconteceu nesta quinta-feira (30).

O processo de cassação durou mais de dois meses. Segundo informações do presidente da Câmara Municipal de Desterro, Vamberto Leite, Tiago Simões foi flagrado tentando adulterar o resultado da votação para escolha da Mesa Diretora da Câmara.

Já Napoleão Andrade, ocupava a posição de presidente interino da Câmara e legitimou o resultado da votação, mesmo com a denúncia de irregularidade e o registro de um Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.

Após o flagrante de adulteração, a Justiça determinou a realização de uma nova eleição, que conduziu Vamberto Leite ao posto de presidente da Câmara por dois anos. O próprio presidente eleito apresentou o pedido de cassação dos dois vereadores.

Seis vereadores votaram a favor da cassação do mandato de Tiago Simões e dois preferiram se abster da votação. Já Napoleão de Almeida recebeu seis votos a favor de sua cassação e três abstenções. Os dois suplentes dos cargos de vereador foram convocados para votar no lugar dos afastados.

Os suplentes de vereador Gusmão Almeida (PR) e Ermando Rufino (PR) assumem as vagas dos vereadores cassados na Câmara Municipal.

 

 

Com ClickPB

Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist