Ricardo diz que estado da PB vai perder 30% da receita por causa da greve dos caminhoneiros

Written by on 29 de maio de 2018

O governador Ricardo Coutinho (PSB) disse, nesta terça-feira (29), que a responsabilidade dos problemas gerados pela greve dos caminhoneiros é do governo federal, mas a pauta da categoria, que era a redução do preço do diesel foi atendida. O governador alertou para o prejuízo para o Estado. “O estado da Paraíba vai perder cerca de 30% da sua receita daqui a um mês e meio, porque o que não é vendido agora iria ser pago enquanto ICMS daqui a um mês ou dois meses”, disse Ricardo. 

“A motivação inicial para o movimento foi vencida, foi superada, então não se pode nesse momento continuar a privar a população dos seus direitos básicos”, disse Ricardo, embora discordando da forma que o governo utilizou para reduzir os preços. 

Ricardo criticou as demagogias, inclusive do governo federal, em torno do problema, mas chamou a atenção para a responsabilidade social. “Nós temos que resolver isso fazendo escolhas corretas, dentro do campo da democracia e possibilitar com que esse país volte a crescer, volte a se desenvolver. Não adianta tentar consertar desequilíbrio do preço de petróleo, de gás, de diesel, de gasolina, penalizando estados”, disse Ricardo.   

O governador reuniu os representantes dos diversos setores afetados pelo movimento para compartilhar os problemas gerados pela greve dos caminhoneiros e discutir soluções. Ele disse que é preciso retomar a normalidade para garantir a geração de impostos. Ricardo disse, inclusive, que os empresários assinaram uma nota pública pedindo o fim “dessa desorganização social que se estabeleceu”. 

O governador Ricardo Coutinho se reuniu com entidades para discutir soluções que amenizem os efeitos da crise na Paraíba.Entre as entidades que participarão da reunião, no Palácio da Redenção. Entre as entidades, estavam Fiep, Fecomércio, Sindicato das Empresas de Transporte Coletivos Urbanos de João Pessoa, Associação dos Supermercados da Paraíba, Abrasel, Sebrae-PB, secretários do Governo, entre outras. 

De acordo com Ricardo Coutinho, o aumento dos combustíveis decorreu da redução da produção pela Petrobras e o aumento da importação de combustível pelo governo federal. “A Petrobras precisa produzir para regular o mercado, colocar combustível mais barato aqui dentro”, disse. 

Ainda hoje, o governador Ricardo Coutinho se reúne, à tarde, com entidades representativas dos trabalhadores para discutir soluções que amenizem os efeitos da crise na Paraíba. Entre as entidades que participarão da reunião, às 15h, no Palácio da Redenção, estão Central Única dos Trabalhadores (CUT), Sindicato dos Comerciários, Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag), Associação dos Hospitais da Paraíba, Conselho Estadual de Saúde, Associação dos Médicos, Conselho Regional de Medicina, Conselho Regional de Enfermagem, Sindicato dos Bancários, Central dos Trabalhadores (CTB), Sintel, NCST, Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil. Auxiliares do governo também participarão da reunião. 

 

 

ClickPB

Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist