Ricardo critica João Azevêdo por exonerar gerentes na Educação: ‘perde qualidade e compromisso’

Written by on 7 de novembro de 2019

A guerra não declarada entre o ex-governador Ricardo Coutinho e o atual João Azevêdo, ambos do PSB, ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira (06). É que após tomar o partido de Edvaldo Rosas, graças a uma intervenção no diretório estadual da legenda decretada pela executiva nacional a seu pedido, o ex-governador, que tem utilizado as redes sociais para fazer uma espécie de ‘governo paralelo’, propagandeando possíveis ‘feitos’ de sua gestão de oito anos à frente da Paraíba, usou seu perfil no Twitter para criticar duas decisões tomadas pelo seu sucessor, João Azevêdo (PSB). Ele se opôs as exonerações de Ione dos Santos Severo Formiga e Socorro Antunes.

De forma clara, Coutinho desancou João Azevêdo e ainda sugeriu que o gestor não teria compromisso com a educação. “A Educação Publica na PB perdeu hj duas Gerentes de Ensino que fizeram a diferença na implantação da nova politica que revolucionou a educação. A saída de Ione, Gerente de Pombal, e Socorro Antunes, em Sousa, a Gestão perde qualidade e compromisso. Obrigado pelo grande trabalho”, tuitou.

Coutinho, que também tem utilizado as plataformas de mídia para ‘censurar’ o governador, termina por novamente colocar João Azevêdo em maus lençóis, deixando transparecer que o gestor seria perseguidor. Coincidência ou não, o tuitada de Ricardo Coutinho foi no mesmo dia em o Diário Oficial trouxe as exonerações de uma cunhada do deputado federal Gervásio Maia, aliado de primeira hora o líder girassol.

 

Fonte: tanaarea


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist