Preso na Paraíba homem suspeito de cometer crimes vestido de policial federal

Written by on 30 de março de 2021

A Polícia Civil da Paraíba prendeu, na tarde dessa segunda-feira (29), o terceiro homem suspeito de compor um grupo cujos membros invadiam estabelecimentos comerciais vestidos de policiais federais para cometer crimes. Ele foi capturado por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande, no conjunto habitacional Major Veneziano, no bairro Três Irmãs, na Zona Sul da cidade.

Segundo a polícia, a primeira ação criminosa dos suspeitos aconteceu no dia 16 de outubro de 2020. Eles se apresentaram como policiais federais em um ponto comercial localizado no Distrito dos Mecânicos, também na Zona Sul, e anunciaram o assalto. Quatro dias depois, a Polícia Militar flagrou um homem com drogas e o encaminhou à Central de Polícia Civil.

“Esse homem era justamente um dos que participaram do roubo no Distrito, vestido de policial federal. Como nós já havíamos conseguido o mandado de prisão contra ele, foi o primeiro a ser preso pela invasão àquela empresa”, disse o delegado Diego Beltrão.

No dia 27 de outubro, uma ação conjunta das polícias Civil e Militar na cidade de Queimadas, no Agreste paraibano, prendeu o segundo homem do grupo. Ele estava escondido em uma quitinete. Contra ele já havia outro mandado de prisão em aberto, referente a um roubo cometido no mês de março de 2020 a um estabelecimento comercial no Centro de Campina Grande.

Em novembro, cinco homens invadiram a casa do candidato a prefeito de Santa Terezinha, Arimateia Camboim, vestidos de policiais federais, e anunciaram o roubo. Além de levarem objetos pessoais e dinheiro da vítima, Arimateia foi espancado pelos assaltantes e teve de ser encaminhado ao Hospital Regional de Patos, no Sertão. 

No mês de dezembro, dois homens cometeram um roubo a uma cooperativa de crédito no bairro da Prata, na Zona Oeste de Campina. Eles roubaram um veículo na saída do estabelecimento e levaram uma mulher como refém. 

Três mandados de prisão 

De acordo com o delegado Diego Beltrão, as investigações apontam que os três homens presos até o momento participaram dos três crimes mencionados. 

“Os dois primeiros, que prendemos ainda em outubro, estavam respondendo em liberdade e aproveitaram para cometer novos crimes. Mas a Justiça já expediu os mandados de prisão, sendo três para cada um deles, já que as investigações apontam a participação deles nos três crimes: no Distrito dos Mecânicos, na casa do candidato a prefeito e na cooperativa de crédito em Campina. E hoje prendemos o terceiro suspeito, cumprindo os três mandados de prisão pelos crimes citados”, explicou Beltrão. 

Do grupo que invadiu o estabelecimento no Distrito dos Mecânicos vestido de policiais federais, apenas um está foragido. A polícia informou que ele já foi identificado e também está com mandado de prisão em aberto pelo crime. O caso da invasão à casa de Arimatea Camboim seguiu para investigação da Polícia Civil em Patos.

 

Fonte: Portal Correio 


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist