AO VIVO

Paraíba alcança 3º lugar entre os estados que mais vacinaram contra a poliomielite

A Paraíba alcançou a 3ª posição no ranking nacional de vacinação contra a poliomielite. O Estado registrou um percentual de 43,86% de cobertura durante a campanha de vacinação, que se encerrou na última sexta-feira (30). A ação, que iniciou em maio, teve como objetivo aumentar as coberturas vacinais e reduzir o risco de reintrodução do poliovírus no Brasil.

De acordo com a chefe do Núcleo de Imunização da SES, Márcia Mayara, o nível de cobertura vacinal alcançado pela Paraíba ainda foi menor do que a meta de 95% estabelecida pelo Ministério da Saúde.  “A vacina é imprescindível para diminuir o risco de reintrodução da poliomielite no país e no estado. Em parceria com os 223 municípios realizamos dias D de mobilização, além de disponibilizarmos o imunizante em mais de mil salas de vacinação. Como o nosso público-alvo eram crianças menores de cinco anos, fizemos também a Semana de Vacinação nas escolas e creches, com o intuito de facilitar o acesso desse grupo à vacina”, explicou.

A gestora reforçou que, com o fim da campanha, é importante que pais e responsáveis se mantenham atentos ao calendário vacinal para que possam levar suas crianças até os postos de vacinação no período correspondente a aplicação das doses do imunizante que protege contra a doença. “É necessário que após a campanha, seja feito esse acompanhamento do calendário para que, no momento correto, essas crianças possam receber a vacina, ficando devidamente protegidas da poliomielite, dessa forma, estaremos diminuindo os riscos da reintrodução do poliovírus no território brasileiro e paraibano”, pontuou.

Entre os estados que mais se destacaram na vacinação, além da Paraíba que ocupa o 3º lugar, estão Piauí na 1ª colocação, com uma cobertura de 51,69%; e  Tocantins, logo em seguida, na 2ª posição, com um percentual de 51,06%.

O último caso de poliomielite registrado no Brasil ocorreu em 1989, em Sousa, na Paraíba. Em 1994, o país recebeu a certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem. No entanto, em 2023, o Brasil foi classificado como de alto risco para a reintrodução do poliovírus pela Comissão Regional para a Certificação da Erradicação da Poliomielite na Região das Américas.

A poliomielite é uma doença grave caracterizada por um quadro de paralisia flácida causada pelo poliovírus selvagem (PVS) tipo 1, 2 ou 3, que, em geral, acomete os membros inferiores, de forma assimétrica e irreversível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas

Contato

departamento comercial

(83) 99891 - 1069
(83) 99979 - 7945

Sobre nós

Em 3 de Abril de 1982, um sabado á tarde, foi inaugurada em Pombal – PB foi inalgura a primeira estação de radiofusão convencional…

Veja completo