Padre paraibano chama transexuais de “aberrações” durante missa; veja

Written by on 3 de fevereiro de 2021

Um sermão feito no dia 31 de janeiro pelo padre Antônio Evandro de Oliveira, da Paróquia de Livramento, na região de Patos, sertão da Paraíba, tem repercutido intensamente nas redes sociais e gerou o repúdio do Movimento do Espírito Lilás, entidade que defende os direitos da comunidade LGBTQI+. É que o religioso se referiu aos transexuais como “aberrações”.  

O comentário foi inserido no momento em que o padre se referia a uma matéria que tratava do suposto registro de crianças sem a determinação de sexo para que elas pudessem decidir quando crescessem: “Isso é uma aberração! Estão cegos? Querem negar o que Deus criou?”.

O tema comentado pelo padre refere-se ao entendimento jurídico de que crianças que nascem sem o sexo definido como masculino ou feminino, em condição conhecida como Anomalia de Diferenciação de Sexo (ADS) e comumente chamadas de Intersexos, já podem ser registradas com o sexo “ignorado” na certidão de nascimento nos estados de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul, até que exames complementares apontem uma definição.

Em determinado trecho de sua pregação, Padre Antônio Evandro rejeita veementemente a descrição de mulheres e homens trans: “Tudo bem se a pessoa se sente mulher. Que o seja. Sente, mas ela não é mulher. ‘Não que eu sou mulher, que quero ser mulher’. Não, tem isso não. Você quer ser, mas você não é mulher coisa nenhuma. Você é porque você quer ser. Mas na verdade fisicamente você não é”.

Para o padre, a “culpa” pela transexualidade seria do poder legislativo “que aprova essas coisas”. “Não estou falando só do Brasil. É do mundo todo. Quem aprova essas aberrações é o parlamento”.

O Big Brother Brasil da Rede Globo também mereceu críticas ferrenhas do padre de Livramento. “Tem cinco LGBTs. Que aberração a Globo quer fazer? Quer empurrar goela abaixo os LGBTs. Respeitar é uma coisa, mas querer que aceitamos é uma coisa diferente. Isso não é homofobia, mas ética. O programa é uoma safadeza”.

Por causa das declarações do padre, o  Movimento do Espírito Lilás (MEL) emitiu uma  nota:

 

Fonte: ParlamentoPB 

Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist