Mulher é presa por fingir ser agente do FBI para conseguir lanche grátis

Written by on 12 de novembro de 2020

Uma mulher, de 47 anos, foi presa no último dia 5 após ao tentar se passar por uma agente do FBI, o serviço de inteligência norte-americano, para conseguir uma sanduíche de graça em uma loja da rede de fast-food Chick-fil-A. O caso aconteceu na cidade de Rockmart, na Georgia (EUA).

De acordo com o boletim de ocorrência do caso, obtido pela agência de notícias “Associated Press”, Kimberly Ragsdale ameaçou prender os funcionários da loja. No entanto, os atendentes não se deram por vencido e acionaram a polícia.

Ainda conforme o boletim, Kimberly continuou afirmando que era uma agente do FBI mesmo após a chegada dos agentes. Ela alegou ainda que não tinha um distintivo e que sua identificação era digital. Porém, os policiais a prenderam mesmo assim.

Em entrevista à imprensa local, o chefe da polícia de Rockmart, Randy Turner afirmou que “você nunca verá um policial de verdade exigindo uma refeição de graça em um restaurante”. “Se for oferecida (a comida), nós agradecemos. Se for com desconto, nós agradecemos. Mas não faremos exigências ou ameaças”, disse Turner.

No último dia 7, Kimberly foi liberada após pagar fiança no valor de US$ 3 mil (cerca de R$ 16 mil).

Fonte: ISTOÉ

Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist