Jair Bolsonaro volta atrás e diz que governo não comprará vacina chinesa contra covid-19

Written by on 21 de outubro de 2020

Menos de 24 horas depois de o Ministério da Saúde anunciar a compra de 46 milhões de doses da vacina da chinesa Sinovac contra Covid-19, que no Brasil, está sendo desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, o presidente Jair Bolsonaro parece já ter voltado atrás e afirmou que a vacina não será adquirida por seu governo.

“NÃO SERÁ COMPRADA”, disse Bolsonaro no Facebook em resposta ao comentário de um apoiador que afirmou que a China é uma ditadura.

Presidente Jair Bolsonaro responde em rede social que não comprará vacina da China. — Foto: Reprodução

“Tudo será esclarecido hoje. Tenha certeza, não compraremos vacina chinesa. Bom dia”, escreveu o presidente em resposta a uma apoiadora que disse haver “um Mandetta milico no Ministério da Saúde”, em referência ao ex-ministro da Saúde, Henrique Mandetta.

A vacina da Sinovac é a aposta do governador de São Paulo, João Doria, para imunizar a população do estado. 

A China é o maior parceiro comercial do Brasil, mas é alvo constante de críticas de boa parte dos apoiadores de Bolsonaro, que consideram o país uma ditadura comunista.

 

Fonte: Exame


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist