AO VIVO

Governo inicia programação dos 16 + 5 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, inicia a programação dos 16 + 5 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres com blitzen educativas nos municípios do interior do Estado. Os 16 + 5 Dias de Ativismo é uma campanha anual e internacional, que começa no dia 25 de novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, e vai até 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

“O 25 de novembro é o dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres lembrado mundialmente e na Paraíba estamos realizando uma série de atividades com intuito de aumentar a conscientização, estimular os esforços de defesa da vida das mulheres e compartilhar conhecimentos”, afirma a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Lídia Moura.

No Brasil, a mobilização abrange o período de 20 de novembro a 10 de dezembro. Foi iniciada por ativistas no Instituto de Liderança Global das Mulheres, em 1991, e continua a ser coordenada anualmente pelo Centro para Liderança Global das Mulheres. É uma estratégia de mobilização de indivíduos e organizações, em todo o mundo, para engajamento na prevenção e na eliminação da violência contra as mulheres e meninas.

Segundo Lidia Moura, as ações com blitzen educativas acontecerão em Pitimbu, Queimadas, Mari e  Soledade, além de atividades em Campina Grande e Sumé, organizadas pelas coordenações dos Centros Estaduais de Referência da Mulher. Haverá também formações com grupos de CRAS de Mataraca, ações em Pombal, Baía da Traição e no dia 12 de dezembro um encontro com as mulheres assistidas pelo Centro de Referência da Mulher de Campina Grande.

Lídia Moura reforça que a campanha é fundamental diante do contexto histórico de machismo e violências enfrentadas pelas mulheres no Brasil e no mundo.  De acordo com pesquisa do Instituto Patrícia Galvão e Ipec publicada neste mês, 60% das mulheres conhecem alguma mulher que foi vítima de violência e 36% declararam já terem elas próprias sofrido alguma forma de violência doméstica, sendo a violência psicológica e física as formas mais relatadas; uma em cada dez declara ter sofrido violência sexual. “Ainda temos muito que enfrentar e agir no enfrentamento à violência contra mulheres e a rede de apoio é fundamental”.

Destaques da programação:

21/11 às 9h – Oficina: educação e relações de gênero – uma perspectiva de bem viver em sociedade – Escola Estadual Alceu Amoroso Lima, Campina Grande.
21/11 às 10h – Live, mulheres negras dentro do contexto da violência de gênero. com Katiele Marques e Terlúcia Silva (Representando a UEPB).
23/11 às 15h – Blitz educativa na praça pública do município de Pitimbu.
24/11 às 10h – Blitz educativa na praça pública do município de Queimadas.
25/11 às 14h – Roda de conversa sobre os 16+5 dias de ativismo com às mulheres atendidas pelo Programa Patrulha Maria da Penha em JP e CG.
25/11 às 8h – CERMFL ITINERANTE – Apresentação do Serviço para alunos da UEPB, Campina Grande.
28/11 às 9h – Divulgação da rede de Enfrentamento a Violência contra a mulher para equipe da Assistência Social no CRAS de Mataraca.
28/11 às 9h – Oficina: política pública de enfrentamento a violência doméstica e familiar contra a mulher, para estudantes do curso de Serviço Social da UEPB.
30/11 às 15h – Blitz educativa na praça pública do município de Mari.
30/11 às 9h – Formação: Política pública de atendimento à mulher em situação de violência doméstica e familiar para rede de atendimento à mulher do município de Pombal.
01/12 das 14h às 17h – Apresentação da Linha Empreender Mulher/PB no município de Bananeiras.
06/12 às 17h – Blitz educativa na praça pública no Evento “Caminhar e Correr” do município de Soledade em parceria com a PM, PC e Secretaria de Saúde e Assistência Social.
07/12 às 8h – Palestra sobre os 21 dias de ativismo na Aldeia Forte na Baía da Traição.
07/12 às 16h30min – Ação de divulgação da Campanha do laço Branco no Terminal de Integração de Campina Grande.
09/12 às 9h – Palestra on-line sobre Masculinidade com Kleber Marques, do Espaço LGBT para equipe técnica da Patrulha Maria da Penha.
12/12 às 14h – Encontro mensal com assistidas do CERMFL/SEMDH: tema do mês – “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres” e oficina de empreendedorismo.

Clique aqui e confira a programação completa.

 

Fonte: Portal da Capital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas

Contato

departamento comercial

(83) 99891 - 1069
(83) 99979 - 7945

Sobre nós

Em 3 de Abril de 1982, um sabado á tarde, foi inaugurada em Pombal – PB foi inalgura a primeira estação de radiofusão convencional…

Veja completo