Funesc tem programação ‘Meu Espaço – Compartilhando Cultura’ com artista de Pombal nesta sexta (22/05)

Written by on 22 de maio de 2020

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) iniciou, na última segunda-feira (18/05/2020), a terceira semana da programação ‘Meu Espaço – Compartilhando Cultura’. O projeto é fruto de um edital criado em virtude da pandemia do novo coronavirus (COVID-19), que contemplou mais de 100 artistas paraibanos para apresentações gravadas em vídeos, durante o período de isolamento domiciliar. A terceira semana, que acontece de 18 a 24 de maio, traz 17 vídeos de diversas áreas intercalando entre formações e apresentações, com o domingo da criança.

A programação do Meu Espaço é exibida através do canal da Funesc no YouTube (https://www.youtube.com/funescpbgov), em quatro sessões semanais com duas horas de duração cada, sempre às segundas, quartas, sextas e domingos, a partir das 17h. São produtos audiovisuais nas mais diversas áreas e de vários municípios paraibanos. Após as transmissões, todo o material fica disponível para quem perder a estreia ou quiser assistir maratonando. A sessão de estreia aconteceu no dia 6 de maio e desde então já são mais de 12 mil visualizações no canal.

Aos sábados, sempre a partir das 17h, acontecem as lives transmitidas pelo perfil da Funesc no Instagram. São momentos de interação entre artistas participantes do projeto e público. A mediação é feita por integrantes da equipe da Funesc e cada artista tem um tempo para falar sobre o trabalho apresentado.

O projeto também conta inclusão social com interpretação em libras em boa parte dos vídeos, garantindo acessibilidade ao público surdo. Para cumprir essa missão conta com a presença do intérprete Nemu Lima.

Terceira semana – A programação começa com a videoaula ‘Realizando Videoclipes, vídeo-performances e vídeo-arte’ ministrada por Ana Moraes. Em seguida, entra no ar ‘Repente ao som da viola’, com Levi Bezerra. Na sequência, será exibido o curta ‘Todos os ritmos por dentro’, Bruna Guido e Kaline Menezes. Para fechar o dia, ‘Beco sem saída’, com Jack Keysy.

Na quarta-feira, o primeiro vídeo traz uma videoaula de maquiagem artística, com Naiara Cavalcanti. Ainda na linha de formação a programação do dia apresenta uma aula de desenho com Horieby Ribeiro. A diversão fica por conta da esquete ‘Boxe’, com Rodrigo Soares (Palhaço Ditinho, do Circo das Estrelas). Na sequência, será exibido ‘Poesia Marginal: o grito de luta e sobrevivência!’, com o poeta Comum. A noite fecha com o musical ‘In-cômodo’, de Lucas Dan.

A sexta-feira (22/05/2020), começa com ‘Dança do ventre em casa’, aula ministrada por Kilma Farias. Em seguida, será apresentado ‘Eu, Laércio’, com Leandro Nobre Fialho. A noite finaliza com duas apresentações de música: ‘Sons para reza’, com Felipe Ceará e ‘Palco-templo-casa’, com Elon Barbosa artista da cidade de Pombal.

O domingo da criança será aberto com a videoaula ‘Confecção de adereço para palhaço’, com Pedro Marques. Na sequência, serão exibidas duas contações de história: ‘O reino encantado das histórias de Trancoso’, com Daiana Targino e ‘O menino que virou mestre de capoeira’, com Djavan Cayman. A noite fecha com o vídeo ‘Teatro de qualquer coisa’, com Enrique Castillo.

Sinopses – Meu Espaço: Compartilhando Cultura–

22/05 – SEXTA

17h – Dança do Ventre em Casa

Kilma Farias – Dança – João Pessoa

Sinopse: Videoaula com movimentos básicos da Dança do Ventre para que as pessoas possam aprender e praticar em casa.

Ficha Técnica – Bailarina, ministrante: Kilma Farias / Criação, Imagens, Edição, Finalização: Kilma Farias

Redes sociais:

Facebook: Kilma Farias

Instagram: @kilmafarias e @nucleo.kilmafarias

YouTube: Kilma Farias

17h45 – Eu, Laércio

Leandro Nobre Fialho – Teatro – João Pessoa

Sinopse: Experimento teatral em que se utiliza linguagem artística contemporânea e performática, misturando atuação realista e referência à commedia dell’arte, com a utilização de máscaras expressivas. A dramaturgia possui apenas um personagem, em que exercita o eu poético com o texto ficcional autoral. Laércio e é um jovem fascinado por Augusto dos Anjos, que se viu atormentado perante a quarentena imposta contra o novo coronavírus.

Ficha técnica: Escrito, produzido e encenado por: Leandro Nobre Fialho / Trilha sonora: Ticiano Rocha (Simulacro; Na Hora; Lágrimas de Oort) / Poesias: Augusto dos Anjos (Psicologia de um vencido; Amor e Crença; Poema Negro; Ao Luar; A Esperança)

Redes sociais:

Facebook: Leandro Nobre Fialho

Instagram: @leandronobrefialho

Twitter: @lenobrefialho

18h15 – Sons para Reza

Felipe Ceará – Música – João Pessoa

Sinopse: Performance musical percussiva executada com a trilha sonora “Sons pra Reza”, composta por Felipe Ceará para o espetáculo de dança “Reza”, possibilitando que o público tenha acesso a uma grande diversidade de timbres percussivos e ritmos com boa qualidade sem sair de casa.

Ficha técnica – Compositor, intérprete da música, captação e edição de áudio: Felipe Ceará / Captação e edição de vídeo: Adrielly Oliveira

Redes sociais:

Instagram: @ce.a.ra

YouTube: Felipe Ceará

18h45 – Palco-Templo-Casa

Elon – Música – Pombal

Sinopse: Elon se entrega a um show poético-musical intimista, formato voz e violão, no Teatro Murarte, construído pelo pai no quintal de casa (Pombal, PB). No cenário, paredes de tijolos, cortinas do teatro e céu estrelado do sertão. No repertório, canções que falam sobre amor e existência humana, tecendo uma relação com elementos da natureza e do ambiente onde vive.

Ficha técnica – Produção, direção: Elon Barbosa / Co-produção, filmagem, fanorização: Luizinho Barbosa, Murarte / Co-produção, filmagem: Roza Rejane

Redes sociais:

Instagram: @elon.bra

Youtube: Elon

24/05 – DOMINGO

17h – Videoaula: Confecção de Adereço para Palhaço

Pedro Marques – Circo – João Pessoa

Sinopse: De forma lúdica e criativa, o artista tenta conscientizar o público quanto às possibilidades de reutilização de materiais que iriam para o lixo. Nesse momento de isolamento social, Pedro Marques cria um adereço simplesmente reutilizando uma garrafa pet que se transforma em um sapato de palhaço.

Ficha técnica – Criação, imagens, edição, finalização: Pedro Marques

Redes sociais:

Faccebook: Pedro Marques

Instaram: @pedromarquesdasartes

17h30 – O Reino Encantado das Histórias de Trancoso

Daiana Targino – Contação de História – Brejo do Cruz

Sinopse: Contação de história a partir das tradições orais coletadas junto a moradores da cidade de Brejo do Cruz (PB) e região. Em pouco mais de 23 minutos de duração, a contadora Daiana Targino reúne “Histórias de Trancoso”.

Ficha técnica – Criação, Imagens, Edição, Finalização: Daiana Targino

Redes sociais:

Facebook: Daiana Targino

Instagram: @daianatargino

18h – O Menino que Virou Mestre de Capoeira

Djavan Cayman – Contação de História – João Pessoa

Sinopse: Destinada ao público infantil, essa Contação de História é inspirada na vida real de Mestre Pastinha, reconhecido capoeirista que viveu o início dos anos de 1900 na cidade de Salvador/Bahia. A narrativa trata de como um menino das ladeiras do Pelourinho superou desafios até que se tornou mestre na arte da Capoeira Angola.

Ficha técnica – Concepção, Direção, Interpretação, produção, cenário: Djavan Cayman / Produção artesanal dos bonecos de pano, operação de câmera, iluminação: Mariana Sanfer / Cantoria e Instrumentos: Djavan Cayman e Mariana Sanfer / Texto baseado na transcrição da fala de Mestre Pastinha e no livro “O Menino que Virou Mestre de Capoeira”, de José de Jesus Barreto e Cau Gomez

Redes sociais:

Facebook: Djavan Antério

Instagram: @djavancayman

18h30 – Teatro de Qualquer Coisa

Enrique Castillo – Teatro – João Pessoa

Sinopse: Azul é uma personagem que está entediada em meio à situação decorrente do covid-19 e acaba por descobrir algumas visitas em seu quarto. Azul então decide fazer Teatro de Qualquer Coisa. Com criatividade e materiais disponíveis em casa, ele cria bonecos de diversos tipos, que dão forma e cor às histórias mais incríveis do mundo.

Ficha técnica – Elenco: Enrique Castillo (Azul) /Roteiro, Produção, Câmara: Enrique Castillo /

Adaptação do conto “O sapo e o Boi” – (autor desconhecido) /Adaptação da lenda do “Teatro de sombras chinês” (autor desconhecido)

Redes sociais:

Instagram: @oficialcastillo

Fonte: Assessoria


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist