Casos de hanseníase aumentam na PB; Governo assina termo para combate

Written by on 21 de janeiro de 2020

Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde mostra que houve um aumento do número de casos notificados da hanseníase no último ano, subindo de 13,1 casos/100 mil habitantes em 2018 para 15,2 casos/100 mil habitantes, em 2019.

Nessa segunda-feira (20), o Governo do Estado assinou em conjunto com representantes do Ministério Público Federal e Estadual, Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems-PB) e Superintendência Estadual do Ministério da Saúde na Paraíba (Sems/PB) um termo técnico com medidas para intensificar a prevenção da hanseníase e da tuberculose.

A assinatura ocorreu durante a abertura da Semana Estadual de Conscientização e Combate à Hanseníase, no auditório do Cefor/RH. Entre as ações previstas está a adesão das concessionárias de energia e água em campanhas de conscientização sobre as doenças.

A hanseníase é uma doença infecciosa, crônica, caracterizada por manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas pelo corpo, que não coçam e apresentam alteração de sensibilidade (térmica,dolorosa ou tátil) e/ou força muscular. Apesar de ter tratamento e cura, o Brasil é o segundo país do mundo com a maior incidência da hanseníase, perdendo apenas para a Índia.

Para o secretário de Saúde do estado, Geraldo Medeiros, a assinatura da nota técnica com o comprometimento de diversas esferas do poder público é essencial para mudar o cenário de circulação da doença na Paraíba. “As pessoas acham que a hanseníase é uma doença do passado, mas quando lemos o boletim epidemiológico vemos que precisamos trabalhar para diminuir o percentual de diagnóstico tardio, que leva uma série de pacientes a terem sequelas e se tornarem incapazes para o trabalho, além do percentual de cura que também é baixo no estado”, pontuou o secretário.

Entre os pontos que estão previstos na nota técnica está a realização da busca ativa nos casos considerados abandono de tratamento, tanto da hanseníase quanto da tuberculose, ação atribuída à atenção básica nos municípios. “O estado atua capacitando as esquipes municipais com estratégias para o diagnóstico precoce e como distribuidor dos medicamentos fornecidos pelo Ministério da Saúde. O trabalho da atenção primária dentro das comunidades é o que vai alavancar a prevenção das doenças infecto contagiosas”, finalizou Geraldo Medeiros.

O promotor do Ministério Público Federal na Paraíba, José Guilherme Ferraz, reforçou a importância das equipes de saúde da família e o comprometimento em manter-se próximo aos municípios para combater as doenças infectocontagiosas. “Nós assinamos o termo hoje sabendo das dificuldades do dia a dia, mas pensando em estratégias para o combate. Precisamos tornar efetiva a estrutura que já existe através das equipes de saúde da família, da saúde prisional onde há um grande número de pessoas com tuberculose, fazendo que se tornem mais eficazes”, declarou o promotor.

Além da notificação obrigatória e o acompanhamento de pacientes em tratamento, foi anunciada ainda uma ação conjunta com as concessionárias de água e luz da região metropolitana. “As contas de água e luz trarão informações sobre a hanseníase para que a população esteja alerta sobre a doença. A partir de março as informações serão voltadas para a tuberculose. Esta é mais uma maneira de deixar a população ciente do combate a essas doenças”, explicou José Guilherme Ferraz.

Dia “D” de Luta Contra A Hanseníase – Ao longo da semana, serão realizadas ações sobre a conscientização da hanseníase, cumprindo o calendário do Janeiro Roxo – mês alusivo à doença.  No sábado (25), será realizado o dia de combate, no Parque Solon de Lucena, das 8h às 13h30. Serão realizadas avaliação de manchas para diagnóstico em hanseníase, oferta de teste rápido de triagem e diagnóstico para HIV, sífilis e hepatites virais e educação em saúde, orientação à população sobre diagnóstico e tratamento da hanseníase.

 

MaisPB


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist