Campanha de coleta de DNA de parentes de pessoas desaparecidas será iniciada no dia 14 de junho na Paraíba

Written by on 8 de junho de 2021

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Instituto de Polícia Científica (IPC), participa de campanha nacional de coleta de DNA de familiares de pessoas desaparecidas. A campanha será realizada de 14 a 18 de junho em todo o país e é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, com o objetivo de coletar material para abastecer o Banco Nacional de Perfis Genéticos para auxiliar na identificação de desaparecidos.

Segundo o diretor do Instituto de Polícia Científica, Marcelo Burity, a Paraíba terá coleta em cinco cidades-polo: João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Patos e Cajazeiras, sendo na sede do IPC, em João Pessoa, e nos Núcleos de Polícia Científica nas demais cidades.

“É importante que familiares compareçam para a coleta do material porque isso vai fortalecer o nosso banco de dados e aumentar as possibilidades da solução de casos que, eventualmente, necessitem de confronto de material genético”, argumentou.

A coleta do material é voluntária e pode ser feita por parentes de pessoas desaparecidas, preferencialmente de primeiro grau (pai e mãe, filhos, irmãos) ou pessoas com quem a desaparecida tenha tido filhos, serão incentivadas a fornecerem mostras do próprio material genético, que é obtido de forma indolor.

Familiares e pessoas próximas também podem entregar itens pessoais pertencentes à pessoa desaparecida, tais como escova de dentes ou cabelo; óculos, aparelho ortodôntico; dente de leite; aparelho de barbear; aliança e outros objetos nos quais os técnicos possam encontrar material genético.

De acordo com dados do Ministério da Justiça, cerca de 80 mil pessoas desaparecem no Brasil todos os anos. O Banco Nacional de Perfis Genéticos foi criado em 2013 com o objetivo principal de auxiliar investigações criminais por meio da perícia de material genético. Atualmente, conta com menos de 3 mil amostras cadastradas de material genético de parentes de pessoas desaparecidas. De acordo com o ministério, o uso da tecnologia de ponta pode ajudar na localização por meio da identificação de vínculo genético de pessoas encontradas com as cadastradas no banco nacional.

O lançamento da Campanha Nacional de Coleta de DNA de Familiares de Pessoas Desaparecidas aconteceu no dia 25 de maio, em referência ao Dia Internacional das Crianças Desaparecidas.

Pontos de Coleta

João Pessoa
Instituto de Polícia Cientifica da Paraíba
Rua Antonio Teotonio S/N – Cristo
João Pessoa-PB
 
Campina Grande
Núcleo de Polícia Científica de Campina Grande
Rua Raimundo Asfora, s/nº – Serrotão – Campina Grande/PB.
 
Patos
Núcleo de Polícia Científica de Patos
Rua Deodoro da Fonseca, 38 – Centro, Patos/PB

Guarabira
Rua José Fraga dos Santos s/n Conj. Mutirão cep 58.200-000

Cajazeiras
Rua: projetada,S/N Agrovila – capoeiras – CEP: 58.900-000.

 Telefone pra informações: 83 3216. 9650

 

Fonte: Assessoria PC


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist