AO VIVO

Câmara extingue mandato do prefeito de Dona Inês e defesa pede anulação ao TJ

O presidente da Câmara Municipal de Dona Inês, José Marcos Rodrigues da Silva, extinguiu o mandato do prefeito Antônio Justino (PSB) sob alegação de que o gestor foi considerado inelegível em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral. O ato do Poder Legislativo foi publicado na edição desta quarta-feira (3) do Diário Oficial do Estado.

Ao considerar que o prefeito perdeu os direitos políticos, o presidente considerou o mandato vago e convocou o vice-prefeito, Demétrio Ferreira da Silva para tomar posse no cargo de prefeito da cidade.

A extinção do mandato ocorreu a partir de denúncia apresentada pelo vereador Jeová Horácio dos Santos e foi aprovada com os votos de seis parlamentares.

Os advogados de defesa do prefeito, Jovelino Delgado e Mannolys Passerati, protocolaram uma ação anulatória no Tribunal de Justiça do Estado, na comarca de Belém. A defesa argumenta que a cassação está repleta de vícios, como a arbitrariedade e a ausência do devido processo legal.

“Estamos confiantes que iremos conseguir uma liminar para anular essa decisão. O direito do prefeito Antônio Justino é claro e essa cassação demonstra um ato de pura politicagem. É inadmissível que um prefeito com mais de 70% de aprovação seja retirado do cargo de maneira tão injusta e arbitrária”, declarou o advogado Jovelino Delgado.

 

Fonte: MaisPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas

Contato

departamento comercial

(83) 99891 - 1069
(83) 99979 - 7945

Sobre nós

Em 3 de Abril de 1982, um sabado á tarde, foi inaugurada em Pombal – PB foi inalgura a primeira estação de radiofusão convencional…

Veja completo