ALERTA: Estelionatário tenta aplicar golpe através do WhatsApp, vítima da cidade de Pombal, percebe e faz ‘chacota’ com criminoso; Veja

Written by on 20 de agosto de 2020

A cada dia cresce o número de pessoas lesadas por criminosos que aplicam golpes dos mais diversos.

Atualmente as redes sociais e os aplicativos como WhatsApp se tornaram não apenas um meio de comunicação e interação mas também uma ferramenta nas mãos dos criminosos que utilizam com uma única finalidade causar prejuízos as suas vítimas.

Tipificado no artigo 171, o crime de estelionato vem aumentando todos os dias. Na região de Pombal, no Sertão da Paraíba, diversas pessoas foram lesadas nos últimos dias com inúmeros prejuízos.

Os golpes são os mais distintos, desde o envio de mensagem se passando por alguém conhecido, até o ‘derrubar’ WhatsApp da pessoa escolhida para obter vantagem.

Nesta quarta-feira (19/082020), um estelionatário tentou aplicar um golpe em um homem da cidade de Pombal, que logo percebeu que se tratava de um crime.

Na manhã desta quinta-feira (20/08/2020), o homem começou a passar a impressão de que tinha ‘caído’ no golpe, que funciona da seguinte forma:

O criminoso envia uma mensagem perguntando se a vítima vai fazer o depósito hoje?

Caso a vítima pergunte quem é, ele não responde. Porém se a vítima citar algum nome o estelionatário confirma que sim, que se trata da pessoa dita pela vítima.

Quando a vítima pede o número de conta para depósito, o criminoso informa que teve algum problema com sua conta pessoal e que vai ter que passar uma outra conta para depósito.

“Já mando pra você é porque minha conta bloqueio para análise e vou ter que mandar outra”, escreveu o estelionatário.

Mesmo trocando o nome inicial dado ao criminoso que foi chamado inicialmente de João, depois de Pedro, Severino e por fim de César, o estelionatário parece não ter percebido que a suposta vítima já tinha conhecimento de que o caso era um golpe.

Para enganar o criminoso, o jornalista ainda fez um suposto depósito no valor de R$ 4.500,00 dizendo que estava apertado e que no mês seguinte depositaria o restante da dívida.

Um ponto que deve ser observado pelas pessoas, é que apesar do número do telefone do estelionatário ser do mesmo estado, a conta é de outro estado Goiais, Mato Grosso etc.

No caso específico, a conta enviada é de uma agência da Caixa Econômica Federal, localizada na cidade de Crixás, no estado do Goiais.

Abaixo veja os prints da conversa entre o homem se passando por vítima e o estelionatário achando que estava conseguindo fazer mais uma vítima.

Henio Wanderley


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Current track

Title

Artist